Nosso blog

Últimas notícias

Setor de PCHS e CGHS vai crescer 30% nos próximos três anos

Rio, 08/12/2021 – O mercado de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs) do Brasil está fechando 2021 projetando crescimento de 30% nos próximos três anos sobre o parque gerador instalado atualmente, atingindo 8.132 megawatts (MW) em 2024, informou a Associação Brasileira de PCHs e CGHs (Abrapch).

Estão em construção hoje no País 30 PCHs e 5 CGHs, investimentos de R$ 3,2 bilhões, que vão atender 1.018.293 residências com geração de 407 MW de energia. No caso das CGHs, o investimento é de R$ 116,9 milhões.

A Abrapch calcula que no longo prazo o Brasil tem potencial para construir 213 novas CGHs com capacidade de gerar 846 MW, e 1.048 PCHs com capacidade de 13.750 MW de energia, com obras totalmente nacionais, tanto em construção como em tecnologia.

Se forem viabilizados, esses projetos podem gerar mais de 1 milhão de novos empregos, segundo a associação, e somar cerca de R$110 bilhões de investimentos. A energia gerada seria capaz de abastecer mais de 42 milhões de residências.

Os Estados com maior potencial de instalação de novos projetos são Goiás, Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Bahia, Pará e Rio de Janeiro.

Para o presidente da Abrapch, Paulo Arbex, para que mais investimentos aconteçam “é preciso descomplicar o licenciamento ambiental das pequenas hidrelétricas”.

Segundo ele, o processo de licenciamento de pequenas hidrelétricas, 100% renováveis e de baixo impacto ambiental (a maioria deles reversíveis e/ou compensáveis), costumam demorar mais de 12 anos, enquanto a aprovação de térmicas fósseis gigantes, de danos ambientais infinitamente superiores e irreversíveis ocorra entre 1 e 2 anos, e com baixíssimas exigências de compensação.

O executivo admite que o governo tem aberto uma série de conversas para acelerar o setor, mas defende que isso precisa ser feito com mais rapidez. “Quando falamos em energia, estamos falando de crescimento econômico e geração de novos empregos já na construção de suas matrizes. Isso é fundamental para que o Brasil cresça”, disse Arbex.

De acordo com o executivo, a falta de novas hidrelétricas levou a uma contratação de térmicas fósseis a custos exorbitantes de até R$2.500/MWh durante a crise hídrica, quando o sistema elétrico poderia ser atendido a mesma necessidade com hidrelétricas entre R$250/MWh e R$320/MWh e danos ambientais infinitamente menores e reversíveis.

“Estamos pagando até 10 vezes mais pela energia fóssil que emite 115 vezes mais gases de efeito estufa e tem inúmeros outros danos ambientais ainda maiores que as emissões em si”, afirmou Arbex.

Fonte: AE NEWS Por Denise Luna

contato:denise.luna@estadao.com

Acompanhe-nos em nossas redes sociais

Mais posts

Seja um expositor

Entraremos em contato para confirmar a reserva*

O Seville Park Hotel localiza-se na Avenida Brasil, n°2500 e às margens da BR 282, em uma das
principais entradas da cidade.

Todos os apartamento são de padrão executivo, equipados com cama box, ducha, ar-
condicionado quente e frio, TV por assinatura, internet, telefone e minibar. Nas áreas comuns do hotel há um espaçoso lobby e área de lazer com piscina aquecida, sala de jogos e sala fitness, além de um amplo estacionamento sem custo adicional.

Luxo: apartamentos equipados com minibar, ar-condicionado Split quente e frio, cama box,
ducha com aquecimento a gás, telefone, internet wi-fi e TV por assinatura;
Master: apartamentos equipados com minibar, ar-condicionado Split quente frio, cama box,
ducha com aquecimento a gás, telefone, internet wifi, TV por assinatura e sacada;
Suíte: apartamentos mais amplos, equipados com minibar, ar-condicionado Split quente e frio,
cama box, ducha com aquecimento a gás, telefone, internet wifi, TV por assinatura, cofre, sala
de estar, banheira de hidromassagem e sacada.

Nas diárias estão inclusos o café-da-manhã, área de lazer, internet wifi e estacionamento. À e
parte, temos opção de jantar à la carte no restaurante do hotel de segunda a sábado.

Check-in: 14h/ Check-out: 12h

Restaurante:

Aberto ao público externo, nosso restaurante serve café-da-manhã diariamente e jantar à la à
carte de segunda a sábado.

Fale Conosco